"TODAS AS COISAS POSSO NAQUELE QUE ME FORTALECE"

"AGRADÁ-TE DO SENHOR E ELE SATISFARÁ OS DESEJOS DO TEU CORAÇAO" salmo 37


Neste Blog, eu posso mostrar os meus lados: Apaixonado, Romântico, sonhador e até um pouco piegas!

Aqui eu posso brincar de escrever. Posso mostrar minha criatividade, um tanto narcisista, admito! Ninguém é perfeito! Aqui eu posso fingir que não tenho medos!
Aos verdadeiros escritores, poetas, peço desculpas por estes ensaios, pois o que escrevo é apenas reflexo do que sinto, sem grandes pretensões!
Se alguém se sentir ofendido, me perdoe, não foi esta a minha intenção!

sábado, março 19, 2011

Soneto de Fidelidade - Narração Isaac Libaino

Narração do Soneto de Fidelidade do Vinícius de Moraes
video
Foi uma brincadeira que fiz com meu filho Isaac de 10 anos, mas acabei gostando do resultado, por isso resolvi publicar...

Leilah Libaino

segunda-feira, março 14, 2011

Sentimentos contraditórios

Com você, vivi tantos sentimentos contraditórios...
Já pulei de alegria quando ia vê-lo
e também chorei de tal maneira...
quando você não veio!
Já falei que não te queria mais
e quando te vi, viajei para os seus braços
Já perdi o sono pensando em você
e já dormi cedo tentando não pensar em você
Já quis que o tempo parasse...
quando eu estava deitada, no seu peito
e já quis que o tempo corresse...
no dia de encontrá-lo
Como eu queria não te querer tanto!
E como eu gosto de amar você
Já me vesti com esmero pra você
e já fui despida apaixonadamente por você
Já quis te resguardar do mundo
e você, com seu amor,
já me protegeu de mim mesma!
Com seu olhar, você me fez sentir 
a pessoa mais bonita deste mundo
e sem resposta, me fez sentir
a mais insignificante das mulheres
Já ri com prazer das suas brincadeiras
e já chorei de prazer, perdida no seu abraço!
Com você fui infantil e passional...
e você soube amar-me
de uma maneira adulta e racional...
Já me enganei pensando em substituí-lo
mas percebi que nossa história é singular!
Já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e de repente me vi tão viva nos seus braços...
Como uma menina, eu te amei no passado...
e hoje te amo de uma maneira 
que só uma mulher adulta sabe amar!
Leilah Libaino